rugas de expressão

Rugas de expressão: como surgem e como tratar

O brasileiro está aumentando cada vez mais sua expectativa de vida. Estima-se que atualmente, as pessoas passam dos 70 anos em solo nacional. Mas com a idade vem a vida corrida, estresse, desgaste e a juventude vai se esvaindo. Muitos se incomodam com os traços de avanço de idade, e alguns deles são as rugas de expressão.

É comum confundir rugas de expressão com linhas de expressão. Por mais que os termos se pareçam e estejam no mesmo âmbito, eles não são a mesma coisa. As linhas de expressão podem surgir mais cedo no rosto das pessoas, elas são causadas apenas pelos movimentos do rosto.

Já as rugas de expressão se mostram como um problema um pouco mais avançado. Elas se dividem em dois tipos principais: elásticas permanentes e gravitacionais. As causas diferem, entre elas estão:

  • Envelhecimento genético;
  • Agravamento por conta da exposição solar;
  • Impacto da gravidade na pele;
  • Estresse.

Como combater rugas de expressão

Não há como parar o processo de envelhecimento, a vida não para e os anos passam. No entanto, há como lutar contra as rugas de expressão e seus prejuízos estéticos para as pessoas, em sua grande maioria mulheres, que são as que mais se incomodam com a questão.

Tanto para prevenir como para tratar rugas de expressão é importante que as pessoas estejam atentas desde jovem com cuidados com a pele. O protetor solar é o aliado número um, cremes anti-idade com ativos rejuvenescedores que combatem a flacidez. No caso de quem quer ações mais efetivas, intervenções cirúrgicas são também uma opção.

Dicas para evitar rugas de expressão

Além dos modos de prevenção e tratamentos citados acima, há outras formas de não deixar as rugas de expressão atingirem as pessoas cada vez mais cedo. Essas dicas incluem:

  • Rotina adequada a pele (higienização, hidratação e a fotoproteção);
  • Uso de produtos antioxidantes;
  • Uso de produtos ricos em vitamina C;
  • Evitar o abuso de álcool e cigarro;
  • Manter alimentação balanceada.

É importante ressaltar que, em questão de pele, pode ser perigoso as pessoas tratarem e usarem diversos produtos por conta própria ou só por indicação de amigos. Para combater as rugas de expressão, é recomendável que a pessoa consulte um dermatologista e veja o que a pele pode ou não absorver.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Consulta Ideal atende rugas de expressão:


rugas de expressão
rugas de expressão